sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Amor.


Meu pai,tenho um grande apresso por meu pai.
Trouxe-me ao mundo com música.
Com música cresci ,com música brinquei...E hoje vivo com música!E tudo me faz lembrar uma vida diversa,antiga e tão intensa!Ouço Ednardo e por um instante volto aos meus oito anos,e sinto que o vazio neste momento se preenche.E choro!Lagrimas correm em minha face...Transbordando PAZ!Djavaneada,Fagnificada,Belquioficada,Cazuzaficada,Legionada...
Transformei-me portanto em música,por culpa de meu pai,culpa dele,por isso o amo.

2 comentários:

Laah... disse...

Tb amo meu pai... mesmo ele nao largando do meu pé... rsrs

Laah... disse...

gostei do blog... estou seguindo... aparece la no meu.. srrs xero1