sábado, 29 de agosto de 2009

Tudo está cansado...

Parei,não vou mais procurar
viver intensamente é o que eu quero agora!
Largo o passado,não pensarei no futuro
só viverei o presente!
Embora sei que não existem passado, presente e futuro
São apenas devaneios inúteis!


Cansada estou de tudo isto
A vida me combate
Persegue-me o tempo todo a prova...
E fico a assistir como uma espectadora frustrada a derrota
C.O.N.S.T.A.N.T.E.

Não sou assim ,tornei-me assim
Era outrora otimista e sutil
E a fúria que foi acontecendo
Algo instantâneo e repentino
A combater-me
Como um bicho venenoso!

Acabou-se a fantasia
A infância
A beleza
A paz
O amor ideal
A sutileza
A leveza...

E sobrou
Estes versos
Que refletem a minha dor
Aquela que é tão grande
Que não cabe neste material
Cansado...

3 comentários:

Ryan disse...

Acho que estás escrevendo bem melhor.

Alessandra Zelinda Bessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alessandra Zelinda Bessa disse...

A beleza do poema está nos olhos de quem vê...